estomatologia

Estomatologia: a saúde da boca

O que é a Estomatologia?

Essa é uma especialidade muito importante no ramo odontológico. O nome pode lhe parecer estranho ou lembrar alguma área da medicina, mas quando você apresenta alguma ferida na boca, como uma afta que não cicatriza há semanas, um profissional estomatologista deve ser procurado. Sem essa especialidade, a Reabilitação Oral nunca estará completa.

A Estomatologia é a especialidade odontológica voltada para a prevenção, diagnóstico e tratamento de doenças da boca; é a área que acompanha as lesões que acometem a cavidade oral e regiões vizinhas, bem como a prevenção de doenças sistêmicas que possam interferir no tratamento odontológico.

O dentista especialista em Estomatologia é um profissional que não trata de dentes apenas, ele previne, diagnostica e trata as enfermidades relacionadas à boca e a todo aparelho estomatognático, constituído pelos lábios, dentes, mucosa oral, glândulas salivares, tonsilas palatinas, faríngeas e demais estruturas da orofaringe.

Sabe aquela afta que está demorando um bom tempo para cicatrizar? Ela precisa ser investigada a luz da Estomatologia.

Todos os casos que houver uma ferida na boca, por menor que seja, o profissional deve ser procurado, pois a estomatologia atua no tratamento e prevenção de uma pequena lesão de cárie, doenças sexualmente transmissíveis, como o HPV, e até câncer de boca.

Além disso, o Estomatologista também diagnostica e trata doenças bucais de origens viral, bacteriana, fúngica, imunológica e, muitas vezes é capaz também de fazer o diagnóstico de doenças sistêmicas, dermatológicas ou sexualmente transmissíveis que possuem manifestação bucal. Dentre as lesões mais comuns estão as hiperplasias, as aftas, as lesões de herpes e dentre as mais graves encontram-se o carcinoma ou câncer oral.

O câncer de boca é uma lesão grave que possui tratamento e cura, desde que seja diagnosticado precocemente. O especialista nesta área pode diagnosticar outras doenças através das manifestações bucais, como por exemplo a “língua lisa” na anemia ou diabetes, manchas arroxeadas ou avermelhadas, decorrentes muitas vezes da AIDS. Este profissional também trata as lesões decorrentes da quimioteraipia e/ ou radioterapia, aplicada em pacientes em tratamento de vários tipos de câncer.

Embora a Estomatologia estude as doenças bucais, muitas doenças sistêmicas, que afetam outras partes do corpo, acabam tendo um grande reflexo na boca. Muitas vezes, o diagnóstico dos problemas bucais antecede a manifestação dos sistêmicos. Por isso, fique sempre atento aos sinais da sua boca! Os quadros clínicos são bem complexos e a procura pelo estomatologista deve ser determinante para o diagnóstico e tratamento de possíveis consequências no organismo.

Prevenção: sempre a melhor abordagem

A prevenção é sempre o melhor remédio, e os valores e hábitos do paciente são cruciais para a boa saúde. Muitos são alertados e sabem sobre os malefícios do fumo, álcool, exposição excessiva ao sol, como da importância de uma boa higiene e saúde bucal e dos benefícios em se manter uma alimentação balanceada.

Portanto, agora que você já sabe que são inúmeras as doenças que podem aparecer na boca, sorria para si mesmo e para a sua saúde! Observe sua boca diariamente no espelho e, se perceber algo diferente como ‘aftas’ que demoram a cicatrizar, feridas que não doem, bolinhas ou pontinhos vermelhos ou esbranquiçados, procure o Estomatologista mais próximo de você. Ele terá condições de te ajudar. Previna-se!

Saiba mais clicando aqui.